Boletins

  • Cadastre-se e receba nossas novidades:
  • Notícias
  • Subsídios pedagógicos
  • Eventos
  • Associado

Notícias

II Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento (SICDES)

Quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 - 23h37min

<br>Fonte: SICDES

Estão abertas as inscrições de trabalhos/comunicações para o II Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento (SICDES), o II Congresso Sul-Brasileiro de Promoção dos Direitos Indígenas (CONSUDI) e o Colóquio Catarinense de Ensino Religioso da ASPERSC.

Para conhecer e enviar comunicação de trabalhos, basta acessar o site: http://bell.unochapeco.edu.br/sicdes2014/chamada-de-trabalhos/ e escolher o GT disponível. 

O histórico do projeto do Seminário Internacional Culturas e Desenvolvimento (SICDES) teve origem nas discussões e pesquisas realizadas no âmbito do Grupo de Pesquisa Ethos, Alteridade e Desenvolvimento (GPEAD), vinculado ao Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHC) e ao Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR) da Universidade Regional de Blumenau (FURB).

As intenções que motivaram tal proposição estão expressas no símbolo do evento: um globo constituído por diversas mãos com distintas formas, tamanhos e cores, sem contornos exatos, que constroem o mundo a partir da diversidade de seres, rostos, culturas, linguagens, lógicas e saberes.

O I SICDES foi realizado na cidade de Blumenau, entre os dias 22 e 24 de outubro de 2009, com o tema Culturas e Diversidade Religiosa na América Latina: pesquisas e perspectivas pedagógicas, tendo por objetivo oportunizar espaços de interlocução entre pesquisadores, professores, acadêmicos e demais profissionais interessados nas áreas das culturas, desenvolvimento, diversidade religiosa e educação, no intento de possibilitar pesquisas e perspectivas pedagógicas inovadoras, para promoção e (re)conhecimento das alteridades, na constante busca pela promoção dos direitos humanos.

II SICDES acontecerá juntamento com o II Congresso Sul-Brasileiro de Promoção dos Direitos Indígenas (CONSUDI), cuja primeira edição ocorreu em novembro de 2012, tendo por finalidade promover o debate entre a população indígena, sociedade civil e órgãos públicos, para a instituição de políticas públicas que garantam os direitos dos povos indígenas presentes em todo território sul brasileiro (especialmente as etnias Kaingang, Guarani, Xoklengs e Xeta).

Juntamente com o II SICDES e II CONSUDI, ocorrerá o Colóquio Catarinense de Ensino Religioso, iniciativa promovida pela Associação dos Professores de Ensino Religioso do Estado de Santa Catarina (ASPERSC), com o objetivo de oportunizar eventos de formação continuada e estimular a realização de pesquisas e estudos da área do conhecimento Ensino Religioso (ER).

Os eventos integrados estão sendo organizados pela Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ), por meio do:

- Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação

- Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Políticas Sociais e Dinâmicas Regionais

- Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica-PARFOR

- Grupo de Pesquisa Desenvolvimento Regional, Política Pública e Governança

- Grupo de Pesquisa Desigualdades Sociais, Diversidades Socioculturais e Práticas Educativas

Pela Universidade Regional de Blumenau (FURB) através do:

- Centro de Ciências Humanas e da Comunicação

- Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional

- Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica-PARFOR

- Grupo de Pesquisa Ethos, Alteridade e Desenvolvimento (GPEAD) e,

pela Associação dos Professores de Ensino Religioso do Estado de Santa Catarina (ASPERSC)

Os objetivos do evento são:

- Oportunizar espaços de diálogos, intercâmbios e reflexões voltadas à criação e sustentabilidade de propostas de educação intercultural em territórios contestados, que efetivamente acolham a diversidade de culturas e promovam outras formas de desenvolvimento;

- Reunir experiências educativas de perspectiva intercultural, que contribuam para a análise e compreensão dos processos educativos e socioculturais desenvolvidos em territórios contestados;

- Viabilizar a interlocução de saberes e práticas dedicadas ao (re)conhecimento da diversidade cultural e dos diferentes modelos de desenvolvimento presentes nas sociedades latino-americanas;

- Fortalecer o protagonismo dos movimentos sociais e das populações indígenas, com vistas à implementação e acesso à políticas públicas que garantam seus direitos individuais e coletivos.

Maiores informações, acesse o site do evento em: mce_temp_urlhttp://bell.unochapeco.edu.br/sicdes2014/

Fonte: Unochapecó

voltar
encaminhe
comente
imprima